quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

GRUPO GANGORRA: O Gato Errado

Cartaz da peça.

Programa da peça.
Jorge Mendes, Laura Victor, Jó Santos e Amazor Martins em O Gato Errado de Fernando Strático. Direção de Aldo Leite. Teatro Arthur Azevedo. São Luís/MA, 1980.



Para se chegar a estética de montagem de "O Gato Errado" de Fernando Strático, o Grupo Gangorra desenvolveu um Seminário de Dramartugia onde a estética de Bertold Breckt foi a inspiração. Após o seminário sobre a estética de "Estranhamento" de Breckt, o grupo resolveu montar o texto explorando em todo o seu desenvolvimento o método de Breckt de interpretação, resultando num espetáculo com um final definido pelo grupo, mas um ou dois finais de acordo com a pespectiva do público na solução do conflito entre professor versus aluno.

Para o grupo e para o público maranhense foi um novo avanco na busca de uma estética de interpretação e montagem, até então ainda vista em palcos maranhenses.

O espetáculo fez apresentações no Teatro Arthur Azevedo, Teatro do Anil, Teatro Itapycuraiba, Escola Técnica Rural do Maranhão, praças, fontes, barrações, escolas, sítios, becos, ruas, bairros da zona rural, e interior do estado, além de ser televisionado pela TVE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário